PUBLICIDADE

Geraldo Alckmin sai do PSDB para viver romance e aliança com Lula

Igor Juan

15 de dezembro de 2021
Atualização:15 dez 2021 às 21:34

Geraldo Alckmin-PSDB-Lula

Foram 33 anos de uma longa história, entre Geraldo Alckmin e o partido PSDB, mas que chegou ao fim após um longo período.

O ex-governador de São Paulo anunciou sua saída do partido PSDB para viver um aliança e romance político com o ex-presidente Lula. A ideia sobre tudo é que os dois formem dupla para concorrer as eleições presidenciais de 2022.

O principal objetivo da aliança entre os dois é evitar a reeleição de Bolsonaro. Sobretudo Alckmin possivelmente será vice candidato a presidente com Lula que nas pesquisas divide votos com Bolsonaro.

Pelas redes sociais ao comunicar sua saída do Partido ele disse: “É um novo tempo! É tempo de mudança!”, escreveu nas redes sociais Alckmin.

Contudo Lula está sendo cauteloso ao falar sobre quem será seu vice para 2022. Durante entrevista a uma rádio de Blumenau em Santa Catarina, ele disse:

“Eu não posso discutir vice se ainda não sou candidato. Na hora certa, quando eu for candidato, vou indicar um vice para me ajudar a governar e reconstruir esse país”, disse Lula

Por fim em seu comunicado de saída Geraldo Alckmin disse que valeu cada obstáculo vencido, cada momento vivido, cada conquista feita diante do PSDB.

Eduardo Leite lamenta saída de Alckmin do  PSDB

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), lamentou a saída do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do partido. Para ele, a situação representa “uma perda para o PSDB” de “um quadro extremamente qualificado”.

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *