Forte massa de ar polar muda o tempo em Sorocaba e São Roque
PUBLICIDADE

Forte massa de ar polar muda o tempo em Sorocaba e São Roque

Gabriel Kazuo

26 de julho de 2021
Atualização:26 jul 2021 às 9:11

A massa de ar polar mais forte do século irá atingir Sorocaba e São Roque nesta semana, a partir de quarta-feira (28). Por conta disso, esta segunda-feira (26) será marcada pelo calor pré-frontal, e secura no ar. Em São Roque, a máxima será de 26ºC, e em Sorocaba, 28ºC.

O tempo já começa a mudar na terça-feira (27), com aumento na nebulosidade e na velocidade dos ventos, com possibilidade de chuva apenas no litoral sul e Vale do Ribeira. Nas duas cidades, o calor aumenta ainda mais, fazendo 27ºC em São Roque e 29ºC em Sorocaba.

Chegada do ar polar

A virada no tempo começa na quarta-feira (28), com a massa de ar polar provocando chuvas de moderada a forte intensidade e acima dos 20mm nas duas cidades, e nas demais áreas do Estado. As máximas já caem abaixo dos 20ºC neste dia.

O ar polar irá provocar recordes de frio, tanto na tarde de quinta-feira (29), quanto na madrugada de sexta-feira (30), com máximas beirando os 15ºC, e mínimas, na sexta, abaixo dos 3ºC, podendo ser negativas inclusive. Entretanto, as previsões ainda são incertas, podendo ser menores do que o previsto.

Em relação à geada, a nova onda de ar polar irá provocar uma precipitação acima da média, no interior paulista, podendo destruir as plantações e lavouras. Nas áreas costeiras, há risco de ressaca de forte intensidade e mar agitado.

Riscos de temperaturas negativas para o Corpo Humano

O maior perigo desta massa de ar gelado não é nem a chuva e nem as geadas que podem acontecer, mas sim a intensidade do frio e as temperaturas negativas, que podem vir se confirmadas as previsões da Metsul para o Estado.

O primeiro problema é a hipotermia, quando a temperatura corporal cai abaixo dos 35ºC, provocando tremores, calafrios e febre. Para evitar isso, o ideal é se manter bem aquecido e agasalhado, principalmente durante a noite e de manhã.

Outro cuidado que deve ser redobrado são com as partes mais sensíveis do corpo humano com o frio, como 0s dedos das mãos e dos pés. Se eles forem expostos à temperaturas abaixo de 0ºC, o sangue irá parar de circular nessas áreas, podendo levar à necrose e amputações. 

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. [email protected]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *