Estudos indicam que brasileiros estão exagerando no homeoffice
PUBLICIDADE

Estudos indicam que brasileiros estão exagerando no homeoffice

Gabriel Kazuo

18 de maio de 2021
Atualização:18 maio 2021 às 15:58

O Instituto Robert Half divulgou, na manhã desta terça-feira (18), um levantamento preocupante sobre as pessoas que trabalham em homeoffice. Por conta da situação da pandemia de Covid-19 no Brasil, e as incertezas sobre quando a normalidade irá voltar no trabalho estão fazendo os casos de pessoas que sofrem de estresse aumentarem.

Segundo o Instituto Half, cerca de 52% deles admitem estar tendo problemas de Saúde mental durante o homeoffice, e uma das principais doenças, para 32% desse público é o estresse. Isso também ´[e um fator que preocupa empresários e recrutadores, que veem a necessidade gritante de adotar programas voltados para esses assuntos, em suas organizações.

Outro vilão para esse número preocupante é o isolamento social. Com vários Estados e países proibindo a entrada de turistas, ou fechando praias, parques, hotéis e demais pontos turísticos, as pessoas acabaram desistindo de tirar férias, e optando por seguir trabalhando de forma ininterrupta.

Síndrome de Burnout deve ser uma doença emergente em 2021

Um dos principais efeitos dessa situação, segundo o Instituto, é o aumento dos casos de pessoas que sofrerão de Síndrome de Burnout em 2021, doença relacionada com o excesso de trabalho. Os principais sintomas são:

  • Sentimento de exaustão ou esgotamento mental;
  • Depressão;
  • Falta de foco e desinteresse pelo que está fazendo;
  • Dores de cabeça;
  • Dor muscular;
  • Problemas no sono;
  • Problemas digestivos.

Para evitar esse problema, o Instituto da 4 dicas de como os chefes e líderes de equipe podem proceder, com funcionários que estejam sofrendo de estresse:

  • Perceba quando o seu funcionário esteja sobrecarregado- O chefe ou o líder da equipe deve ter a percepção de quando o funcionário está sobrecarregado, e o que pode ser feito para aliviar o excesso de trabalho;
  • Tenha mais empatia- Também é dever do gestor da equipe perceber quando a rotina de trabalho está sendo desgastante para o funcionário, e se possível, fazer flexibilizações conforme a quantidade de tarefas que ele recebe;
  • Todo o funcionário é importante- O sucesso de uma empresa é uma conquista coletiva, não só do gerente, mas também dos funcionários. Saber que cada um deles deve estar 100% para que o seu Negócio cresça é muito importante. Por isso, se algum funcionário se sobrecarregar de tarefas, e esse esforço máximo garantir sucesso para a sua empresa, não seria nada mal você dar a ele umas férias merecidas.

Excesso de trabalho mata 745 mil pessoas no ano no Mundo

Os resultados do Instituto Hakf só comprovam uma realidade divulgada pela OMS, que registra 745 mil mortes por ano causadas justamente pelo excesso de trabalho, de 2016 até 2021. Os países mais afetados são os da Ásia, na porção oriental.

As principais doenças relacionadas com o excesso de trabalho são o AVC e doenças cardíacas. Como esses resultados não contemplam o momento da pandemia, é bem possível que esses números aumentem. Vale lembrar, e isso está previsto em Lei, que no homeoffice, a responsabilidade por gerenciar as horas de trabalho é do empregado e não do empregador. 

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *