×
☰menu
PUBLICIDADE

Desafio da caixa no TikTok é perigoso e pode matar

Gabriel Kazuo

27 de agosto de 2021
Atualização:27 ago 2021 às 13:08

Mais um dos desafios da internet tem deixado a classe médica preocupada, e mais uma vez demonstra como há pessoas irresponsáveis e inconsequentes no Mundo, que se expõem a riscos desnecessários de vida, em troca da fama. Estamos falando do Desafio da Caixa de Leite do TikTok.

O desafio da Caixa de Leite tem esse nome, pois foi criado nos EUA, e na brincadeira, são usados engradados de plástico comuns no Brasil por serem usados para transportar frutas e legumes nas feiras, mas que são usados também para transportar leite, no país norte-americano.

A ideia da brincadeira é você montar uma escada, ou uma torre, com os engradados, e subir em cima deles. Como o material obviamente não suporta o peso humano, ele acaba cedendo, podendo causar lesões graves, fraturas, e dependendo da altura da torre, matar o desafiado.

E já não é a primeira vez que isso acontece….

Muito populares no YouTube, desafios que colocam em risco de vida a Saúde das pessoas estão cada vez mais ganhando espaço no TikTok. Na Inglaterra, um menino perdeu uma parte do intestino após engolir 5 imãs pequenos, por conta de um desafio do TikTok.

Outro que chamou a atenção dos médicos é um que obriga as pessoas a ingerirem certa quantidade de uma droga medicinal, para terem alucinações. A empresa informa que não tem responsabilidade sobre os conteúdos postados, mas sempre recomenda que não sejam feitos.

Cuidado redobrado

Pais devem tomar muito cuidado com o acesso dos filhos a conteúdos digitais, inclusive aqueles que o produzem. É sempre bom orientar para que não façam brincadeiras e não participem de desafios que coloquem sua vida e as de mais pessoas em risco.

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. gabriel.kazuo@correiodointerior.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *