Conselheiros do Guarani pedem impeachment do presidente Palmeron


13/08/2019 l Atualizada em - 13/08/2019 às 9:28

A crise do Guarani ganhou mais um capítulo, na noite desta segunda-feira (12). Como se não bastasse a crise técnica da equipe, que amarga a lanterna da Série B, com 13 pontos, empatado com o São Bento, agora o Conselho Deliberativo do clube pediu o impeachment do presidente Palmeron Mendes Filho, suspeito de cometer irregularidades administrativas.

Em entrevista para o site Globoesporte.com, o advogado Paulo Souza, que representa os conselheiros do clube, afirmou que: ”O mérito do pedido se perfaz pelas irregularidades constantes na atual gestão do Guarani. Entre elas a terceirização da base sem autorização do Conselho Deliberativo, empréstimos contraídos sem autorização do Conselho Deliberativo, aumento significativo das ações trabalhistas. O que esses conselheiros querem é que o Guarani seja passado a limpo. São atos graves e que não tem nenhuma relação com o resultado de ontem (derrota no dérbi). Queremos transparência. Essa semana ainda mais um pedido será protocolado, mas pelos associados”

O presidente Palmeron Mendes Filho disse que só vai se manifestar depois de tomar conhecimento do conteúdo do requerimento. Enquanto isso, a equipe bugrina se prepara para o duelo diante do Vila Nova, no dia 16 de Agosto, às 21h30, em Campinas.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *