Casos de sarampo aumentam em 41% em Sorocaba


17/12/2019 l Atualizada em - 17/12/2019 às 10:32

A vacina é a melhor forma de prevenção da doença, ressalta secretaria de saúde de Sorocaba

Nos últimos 40 dias, os casos de sarampo em Sorocaba tiveram um aumento de 41%, segundo os dados divulgados na segunda-feira (16), pela Prefeitura do município. Os casos confirmados da doença na cidade subiram de 46 para 65, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde (SES). O balanço anterior havia sido divulgado em cinco de novembro último.

Segundo a SES, dentre os 65 casos confirmados de sarampo em Sorocaba, a maioria dos infectados é do sexo masculino, com maior número na faixa etária de 20 a 34 anos. Os casos ocorreram em todas as áreas da cidade, sendo a confirmação feita por exame laboratorial, por meio da técnica de detecção de anticorpos (sorologia).

SES orienta que pessoas que apresentem febre e manchas vermelhas no corpo (exantema), associadas a sintomas respiratórios, são casos suspeitos de sarampo e devem procurar atendimento médico para seguirem as orientações de afastamento do convívio social, enquanto estiverem no período de transmissão (6 dias antes do exantema até 4 dias após).

A vacina é a melhor forma de prevenção da doença, por isso a vacinação foi estendida para crianças a partir de 6 meses a 11 meses de idade, além das doses de rotina aplicadas aos 12 e 15 meses de idade. Todos as pessoas de 1 a 29 anos devem ter comprovação de duas doses de vacina e indivíduos de 30 até a 59 anos, uma dose de vacina contra o sarampo. Pessoas acima de 60 anos não necessitam comprovação de vacinação, pois em geral tiveram contato com o vírus na infância, sendo consideradas imunes.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *