×
PUBLICIDADE

Canal de TV da Jovem Pan pode ser cassado pela Justiça

Gabriel Kazuo

3 de agosto de 2021
Atualização:22 dez 2021 às 15:36

O Tribunal Federal da 3ª Região (TRG-3) poderá, em julgamento no dia 19 de agosto, cassar o contrato de cessão do canal 32 para a Jovem Pan. Esse novo canal nem sequer saiu do ar, e já está sendo alvo de investigações pela Justiça.

Segundo o juiz que investiga o caso, a Justiça encontrou várias irregularidades na venda do Grupo Abril, que é dono da Jovem Pan, para o Grupo Spring, em 2015, que inclusive viraram alvo de investigação do Ministério Público Federal, na época.

Atualmente, o canal 32 é de responsabilidade da Loading, empresa de streaming de animes e Cultura Geek, que foi inclusive comprado pela Jovem Pan, em 2021, para que a emissora tivesse um catálogo maior de atrações, além dos programas jornalísticos.

Jovem Pan inclusive tem problemas com o Governo Federal

Como se não bastasse esse problema, o o sigilo fiscal do CEO da Pan, Antônio Augusto do Amaral Carvalho Filho, será cassado pela CPI da Pandemia, pois a compra da Loading, que estava perto da falência, o Congresso Nacional não permitiu.

O Tribunal já condenou todos os envolvidos na negociação, que terão que pagar uma multa de R$ 29 milhões de reais e que o Governo terá que realizar uma nova licitação, por meio do Ministério da Comunicação, para que o sinal do canal da Jovem Pan seja liberado.

A emissora, em sua defesa, dá como certa que a situação da venda do canal 32 da MTV para ela, além de todas as pendências com a Loading serão resolvidas rapidamente, permitindo que ela migre do rádio para a TV. Sendo assim, ela poderá operar em algumas cidades brasileiras, oferecendo não só conteúdo jornalístico, como telejornais, mas também programas de Entretenimento e Animes.

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. gabriel.kazuo@correiodointerior.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.