Bolsonaro diz que chora escondido no banheiro pela situação do Brasil
PUBLICIDADE

Bolsonaro diz que chora escondido no banheiro pela situação do Brasil

Igor Juan

15 de outubro de 2021
Atualização:15 out 2021 às 9:52

A situação econômica e social do Brasil está difícil, e o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse na quinta-feira (14) que tem enfrentado muitas situações e problemas ao longo de sua gestão e que “chora no banheiro” de sua casa.

Em tom de brincadeira ele ainda disse que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, nunca presenciou a esses momentos e o considera ele um “machão”.

“Quantas vezes eu choro no banheiro, em casa […] Minha esposa nunca viu. Ela acha que eu sou o machão dos machões e, em parte, eu acho que ela tem razão”, declarou durante a Conferência Global 2021, evento organizado pela igreja Comunidade das Nações.

“Se acham imortais”

Bolsonaro disse que fez uma boa gestão durante a pandemia de Covid-19, mas que os governadores o atrapalharam com a “política do fica em casa”. Segundo ele, algumas autoridades “acham que são imortais”.

“Vivemos momentos onde pessoas que deveriam zelar pela Constituição a atacam. Vimos cenas lamentáveis no ano passado e neste ano. O que está sendo bom é o pessoal entender o que é o regime de exceção. O que me acusavam de fazer, eles estão fazendo”, disse.

Ele ainda falou que, como chefe do Executivo, poderia buscar o estado de sítio, mas que a medida só valeria com a aprovação do Parlamento. “Eu não entendo. Hoje. governadores podem atropelar a Constituição. Que poderes são esses?”, questionou.

Por fim, o presidente voltou a dizer que “a liberdade é mais importante que a vida”. “Temos feito a nossa parte. Creio que a mão de Deus pairou sobre nós para tomarmos a melhor decisão”, finalizou.

Reportagem de Thayná Schuquel e Mariana Costa - Metrópoles, adaptação Correio do Interior.
O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *