Alexandre Garcia volta defender cloroquina após sair da CNN
PUBLICIDADE

Alexandre Garcia volta defender cloroquina após sair da CNN

Gabriel Kazuo

27 de setembro de 2021
Atualização:27 set 2021 às 18:32

Após ser demitido pela CNN, Alexandre Garcia resolveu, na manhã desta segunda-feira (27), desabafar nas redes sociais sobre sua situação. Ele foi demitido pela emissora após defender o tratamento contra a Covid-19, que por incontáveis vezes já foi provado pela Ciência como incapaz de deter a infecção.

Em seu canal no YouTube, Alexandre Garcia disse que não pretende mudar de ideia e criticou colegas de profissão por não se posicionarem contra ou a favor de algo. Vale ressaltar que o jornalista é próximo ao Presidente Bolsonaro, como apoiador ferrenho.

Ele também disse que irá continuar trabalhando no seu canal na rede social, mas apesar de não mudar seu ponto de vista contra o tratamento precoce, disse que ”aceita dialogar” com quem pensa diferente, desde que a discussão não descambe para a troca de ofensas.

Em nota, a CNN disse respeitar a liberdade de expressão de seus funcionários, mas que não pode aceitar defesas infundadas e sem embasamento a um tipo de tratamento que inúmeras vezes foi comprovado pela Ciência como inútil no combate a Covid-19.

 

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *