PUBLICIDADE

Advogado de Carlos Aymar deverá pedir nesta quinta pedido de habeas corpus à Justiça

Igor Juan

17 de outubro de 2019
Atualização:17 out 2019 às 12:48

O advogado do ex-prefeito de Araçariguama, Carlos Aymar, preso no início da semana (14), recebendo R$ 15 mil dentro da prefeitura da cidade, proveniente do pagamento mensal de um esquema de propina proposto por ele, à uma cooperativa habitacional, disse que irá recorrer a sua prisão.

Jorge Delmanto, advogado de Carlos, informou que irá pedir nesta quinta-feira (17), à Justiça, um habeas corpus para que Aymar responda o crime em liberdade.

Carlos Aymar  foi preso junto com o Secretário de Governo da Prefeitura, Israel Pereira da Silva. A prisão aconteceu após cinco meses de investigação da Delegacia Seccional de Sorocaba. Eles foram presos recebendo uma parcela da propina proposta por Aymar e o Secretario, para liberação da construção de 840 casas de um conjunto habitacional popular no município.

Eles foram levados para Sorocaba e na terça-feira foram ouvidos em audiência de custódia no Fórum Sorocabano, e a Justiça decretou a prisão preventiva de ambos, no qual foram levados para Penitenciaria de Sorocaba.

Jorge Delmanto relata que Carlos não cometeu nenhuma irregularidade e que os fatos precisam ser esclarecidos. que muitos fatos precisam ser esclarecidos, e que tudo é questão de ações da oposição.

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *