Correio do Interior

A Serviço da informação

28 de setembro de 2018

email

Cão farejador aponta que suspeito esteve no local onde Vitória Gabrielly foi encontrada morta

By on 29 de junho de 2018

Na manhã desta sexta-feira (29) a polícia realizou a prisão do casal envolvido na  morte da jovem Vitória Gabrielly de 12 anos.

Bruno Marcel de Oliveira, de 33 anos e Mayara Borges de Abrantes, de 24 anos, tiveram decreto de prisão temporária por 30 dias com base em nas declarações dada em depoimento por  Júlio César Lima Ergesse, também envolvido no caso e também com base na identificação de um odor sentido por um cão farejador que apontou que Bruno Marcel esteve no local onde o corpo da jovem foi encontrado no dia 15 de junho em uma mata no bairro Caxambu, em Araçariguama (SP) cidade no qual estava desaparecida desde o dia 8 de junho quando saiu de casa para andar de patins.

Pelo inicio da desta noite desta sexta-feira (29), o advogado do casal,  Jairo Coneglian, encaminhou à Justiça um pedido de liberdade para seus clientes, alegando que não há provas concretas  contra o mesmos.

O que também motivou o decreto de prisão foram inúmeras contradições contatas pelo casal em depoimentos até o momento.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *